FAA SEZ NÃO CONVERSANDO NO AVIÃO EM BREVE - TECHCRUNCH - MÓVEL - 2019

Anonim

Para muitas pessoas, inclusive eu, o tempo do avião é o tempo mais silencioso. Hora de tirar uma soneca, hora de ouvir música, hora de dizer para quem está do outro lado do telefone que você tem que deixá-los ir porque você está no avião. Por isso, é um grande alívio que a FAA tenha decidido não levantar a proibição do uso de telefones celulares durante o vôo "pelo 'futuro previsível'".

Lá atrás, quando esse debate começou, achei que seria uma boa ideia deixar as pessoas usarem seus telefones no avião. Mas pense nisso. O avião está se tornando um dos últimos lugares de refúgio para pessoas que sentem que seu telefone se tornou nada mais que um mal necessário, uma trela invisível composta de entre 0 e 4 compassos. Se o uso do telefone fosse permitido em aviões, o único "tempo de mim" que teríamos ficaria nos túneis e no meio do oceano.

Além das divagações acima, ainda existe um risco de segurança inerente ao permitir o uso de telefones celulares em aviões. Aparentemente "entre janeiro de 2000 e agosto de 2005, até 20 incidentes de mau funcionamento de aeronaves estavam ligados ao uso de telefones celulares". Além disso, observa-se no artigo a seguir que as bombas podem ser disparadas via telefone celular, assim como os atentados de Madri em 2004. Ponto válido, mas não acho que as regras atuais contra o uso de celulares impeçam que alguém ligue um telefone no meio do voo e usá-lo para enviar comandos para um dispositivo em outro lugar no avião.

EUA diz não ao uso móvel em voo (Telegraph.co.uk)